Fatiadores de frios em supermercados e contaminação microbiana

Fatiadores de frios são, normalmente, pontos críticos de higienização em supermercados e lojas de conveniencia. No excelente artigo escrito pelos pesquisadores Ana Clarissa dos Santos Pires, Emiliane Andrade Araujo, Geany Peruch Camilloto, Márcia Cristina Teixeira Ribeiro, Nilda de Fátima Ferreira Soares e Nélio José de Andrade, foram examinadas as superfícies de fatiadores de frios “…de sete estabelecimentos comerciais foram consideradas em condições higiênicas insatisfatórias tanto pela análise microbiológica convencional quanto pela técnica do ATP- bioluminescência, de acordo com as recomendações propostas pelas entidades científicas e pesquisas relacionadas, uma vez que não existem padrões estabelecidos pela legislação.

Constatou-se uma elevada contagem de Staphylococcus spp., que pode ser originária de manipuladores com hábitos higiênicos inadequados, ou dos próprios alimentos fatiados, particularmente no caso de queijos.”

Os resultados finais apontam que o uso de detergentes alcalinos clorados (como o DOMÉSTICUS e SUPER EXCELL) e desinfetantes (como o PERÓXI FOOD) auferem bons padrões para higienização destes equipamentos.

Para ler o artigo na integra acesse o link: http://servbib.fcfar.unesp.br/seer/index.php/alimentos/article/viewFile/310/300

ZOTTOLA, E.A.; SASAHARA, K.C. Microbial

biofilms in the food processing industry – should they

be a concern? Int. J. Food Microbiol., v. 23, p. 125-

148, 1994.