Limpeza de Pratos de Porcelana com Domésticus

A maioria dos pratos, xícaras e utensílios encontrados em restaurantes atualmente são  louças, que possuem maior porosidade e, como consequência, tem maior absorção de sujidades. Ainda, a água quente, em contato com o produto de limpeza e a gordura, vai gerando um processo de saponificação dura, que entranha nos poros da louça, deixando-a amarelada e com uma aparência de suja (manchada). Além disto, esta sujidade nos poros cria um ambiente propício para a proliferação de bactérias patogênicas. Quando chega a este ponto, somente a lavagem com detergente não irá remover estas manchas. Neste momento, o ideal é realizar uma limpeza profunda (decapagem) com DOMÉSTICUS, que irá remover todas as manchas e sujidades acumuladas (fotos abaixo), limpando e desinfetando toda a porosidade da louça, sem atacar a sua vitrificação.

Quando a maioria das pessoas pensam em infecção hospitalar, os culpados de sempre são a higienização das mãos, dos quartos, das salas operatórias e os banheiros. Porém, recente pesquisa da revista cientifica Open Medicine, revelou que há um vilão pouco conhecido até agora, mas igualmente fatal, dentro de ambientes hospitalares: o botão do elevador!

Segundo os autores “…os pacientes permanecem em risco potencial de contaminação cruzada por causa do uso frequente destes botões por diversos indivíduos”. “Além disso, um visitante é tem mais chance de entrar em contato com um botão de elevador que com equipamentos hospitalares e de áreas de acesso restrito.

Nesta pesquisa, realizada do Hospital de Toronto no Canadá, os botões do elevador estavam mais sujos do que os próprios banheiros, e ainda, bem mais sujos que transdutores de ultra-som, por exemplo.